Fonte: Agora RN

O Brasil é o país latino-americano em que as pessoas mais recebem ligações telefônicas classificadas de spam, segundo relatório elaborado por uma empresa de verificação de números de telefone. O principal motivo dessas ligações é oferecer serviços de telefonia e financeiros, afirma o documento feito com a base de dados do aplicativo Truecaller.

Líder em ligações spam, o Brasil apresenta aumento de 81% em relação ao número de casos registrados em 2017 – o que significa uma média de 37,5 chamadas ao mês por usuário.

O segundo lugar na América Latina pertence ao Chile, onde as ligaçõas desse tipo aumentaram 25% desde 2017, chegando a 21,9 chamadas mensais a cada portador de uma linha de telefone.

O México completa o pódio com a terceira posição. O relatório mostra que cada cliente no território mexicano recebe 20,9 ligações de spam ao mês, um aumento de 71% em relação ao ano passado.

O único caso entre os primeiros 10 do ranking que registrou queda é Porto Rico, que passou de uma média de 7,9 ligações mensais por usuário para 5,9 – redução de 25%.

Truecaller funciona através de informações concedidas diretamente pelos usuários, que em nível mundial já supera 300 milhões.