O papel de herdeiro na linha sucessória ao trono britânico teria subido à cabeça do príncipe William e causado uma série de brigas que afastaram Harry e Meghan Markle da família real. De acordo com uma fonte ouvida pelo jornal The Times, o casal teria sofrido bullying do Duque de Cambridge, que “constantemente informava o lugar” dos dois na hierarquia familiar. Em comunicado, os príncipes denunciaram o conteúdo, chamando de “especulação”. 
 
Grávida, Meghan Markle quebra protocolo e segura guarda-chuva para príncipe Harry
 
As brigas entre William e Harry teriam começado antes do casamento entre o caçula e Meghan, ainda em maio de 2018. 
 
À época, eles teriam se desentendido durante uma discussão no Castelo de Windsor, quando Harry condenou a atitude pouco “acolhedora” de William com sua esposa. 
 
Dali em diante, a relação entre os dois teria se deteriorado aos poucos. 
 
Ainda neste domingo, uma fonte também ligada ao jornal afirmou que William estava se sentindo “triste” com a decisão de Harry e Meghan abandonarem o posto de primeiro escalão na família real. “Sempre abracei meu irmão e não posso mais fazer isso. Somos entidades separadas”, teria dito. 
 
Nesta segunda-feira, a Rainha Elizabeth II deve reunir a família real britânica para decidir como a instituição segue daqui em diante, após o anúncio da última semana. 
 
Espera-se que participem da reunião os príncipes William, Harry e Charles, enquanto Meghan participará por telefone, uma vez que a duquesa se encontra com filho no Canadá.
 
Fonte: Estadão Conteúdo