Fonte: G1

Clique de Leo Caldas foi selecionado pelo site Apod, da Nasa, referência em fotografia astronômica.

O registro do eclipse total do Sol de 2019 feito pelo brasileiro Leonardo Caldas foi escolhido nesta terça-feira (9) pela Nasa para o site Astronomy Picture of the Day (Apod), que publica a cada dia uma nova fotografia de fenômenos astronômicos observados por fotógrafos de todo o mundo.

A imagem capta o momento em que a Lua se posiciona em frente ao Sol e há a formação de um arco de luz. No mesmo instante, um grupo de aves passeava pelos céus de La Sirena, no Chile, e contribuiu para a formação da melhor imagem do dia, segundo o site da agência espacial.

“Submeti a foto à aprovação no mesmo dia em que a tirei, ainda no Chile, mas a triagem é bastante criteriosa, para evitar fraudes. Os editores da Apod só acreditaram que minha foto não era montagem quando viram o vídeo de onde tirei este frame”, comenta o astrofotógrafo.

Este foi o terceiro eclipse total do Sol que o brasiliense registrou. Caldas comenta que foi aos EUA para acompanhar o fenômeno em 2017, mas que “apanhou” para acertar as fotos nos breves dois minutos em que há a intensidade total.

Segundos antes da fase total quando os astrônomos chamam de Diamond Ring — Foto: Arquivo pessoal/Leo Caldas

Segundos antes da fase total quando os astrônomos chamam de Diamond Ring — Foto: Arquivo pessoal/Leo Caldas

Lugar certo

“Dessa vez deixei uma câmera filmando em qualidade 4k, e foi exatamente o momento que houve a revoada destes pássaros. Foi a coisa mais interessante do mundo, eu nunca tinha presenciado algo assim”, diz.

Com viagem comprada para acompanhar o eclipse no Chile, Caldas desembarcou no litoral de Coquimbo, mas decidiu não competir por um espaço na praia que estava “cheia demais” e se afastou. De longe, se posicionou em um ângulo ideal para acompanhar as aves que voavam contra o mar.

“É indescritível. Foi uma experiência que todo mundo deveria ter. Quando apaga tudo, parece que tem um interruptor. Até a temperatura muda. Eu fiquei embasbacado”, relembra.