Os dois potiguares no Mundial de Surfe (WSL) começaram bem na Etapa de Portugal, e ambos conseguiram avançar à terceira rodada de baterias da competição. Ítalo Ferreira e Jadson André entraram nas águas de Peniche, onde ocorre o evento esportivo, na manhã desta quinta-feira (17). Com o resultado, eles descansam durante a repescagem.
Ítalo Ferreira segue vivo na briga pelo título
Na quarta colocação, Ítalo Ferreira está vivo na briga pelo título desta temporada
Na primeira fase, três surfistas pegam ondas juntos e só os dois melhores seguem direto para a terceira fase, enquanto que o perdedor ainda tem uma segunda chance na repescagem. Ítalo ficou em segundo na sua bateria, com 12,37 pontos, perdendo apenas para Yago Dora, também brasileiro, que fez 13,56 pontos. Jadson André somou 9,53 pontos, o suficiente para alcançar a vice-liderança da sua bateria.
Atual campeão em Peniche, Ítalo Ferreira é um dos favoritos na etapa. O potiguar vive bom momento no Mundial, na quarta posição, com 42.400 pontos (5.615 a menos que o líder). Na briga pelo título, a depender da combinação de resultados nas águas portuguesas, Ítalo pode assumir a liderança da WSL já nesta etapa.
Além dos potiguares, os brasileiros líderes do Mundial de Surfe, Gabriel Medina e Filipe Toledo, também tiveram bom desempenho e estão confirmados na terceira fase da etapa portuguesa. O MEO Rip Curl Pro Portugal vai até o dia 28 deste mês.
Fonte: Tribuna do Norte