O potiguar Italo Ferreira deu um show no melhor dia de ondas em Supertubos, para conquistar o bicampeonato consecutivo no MEO Rip Curl Pro Portugal, com seus aéreos no sábado em Peniche. Foi voando que ele ganhou a primeira nota 10 do evento esse ano, logo em sua primeira onda. Na seguinte, conseguiu 7,83, que depois trocou por 8,43, para derrotar o sul-africano Jordy Smith com uma “combination” de 18,43 a 6,17 pontos. A final desta penúltima etapa do World Surf League Championship Tour 2019, valia a liderança do ranking para o vencedor e Italo vai vestir a lycra amarela do Jeep Leaderboard na decisão do título mundial no Billabong Pipe Masters, de 08 a 20 de dezembro no Havaí.

Ítalo Ferreira mostra o troféu conquistado na praia de Peniche

Ítalo Ferreira mostra o troféu conquistado na praia de Peniche

A batalha principal será entre três brasileiros, o novo líder, o defensor do título em Pipeline, Gabriel Medina, e Filipe Toledo, mas Jordy Smith e o californiano Kolohe Andino também estão matematicamente na briga.

“Foi um evento incrível e estou muito feliz por ter começado a bateria com uma nota 10. Agora é só comemorar com essa torcida que lotou a praia hoje (sábado)”, disse Italo Ferreira, logo que saiu do mar. “A torcida brasileira é a melhor em qualquer lugar do mundo e agradeço a todos eles, meus amigos, ao meu amor e todos que sempre me apoiaram”, completou o potiguar de Baía Formosa.

Na bateria decisiva, um aéreo perfeito assegurou o título

Na bateria decisiva, um aéreo perfeito assegurou o título

 

Italo Ferreira pode ser o primeiro surfista da Região Nordeste do Brasil a conquistar o título mundial na World Surf League e ele subiu no pódio com uma faixa preta sobre sua prancha, simbolizando as manchas de óleo que vêm surgindo em várias praias nordestinas. “Quero dedicar essa vitória ao meu tio (falecido no mês passado), que certamente está lá no céu vibrando com essa vitória e mandando boas energias. Minha prancha aqui é uma homenagem à galera lá do Nordeste, que está sofrendo com o óleo vindo do mar, então está aí uma faixa preta nela pra esse povo guerreiro, que batalha tanto por uma vida melhor. Eu sou um dos representantes deles, então estou aqui protestando contra esse desastre em nossa região”, comentou.

As belas manobras de Ítalo Ferreira garantiram a vaga na final

As belas manobras de Ítalo Ferreira garantiram a vaga na final

 

Antes, Italo falou mais especificamente sobre o bicampeonato em Portugal e a chance de conquistar seu primeiro título mundial esse ano: “Foi muito legal o evento, estou muito feliz por ser o primeiro a vencer essa etapa duas vezes e parabéns a todos que estão aqui no pódio, o Jordy (Smith), a Caroline (Marks), a Lakey (Peterson), porque foi um grande evento e muito especial para mim. Estou muito feliz comigo mesmo, pelo que fiz no campeonato todo, por minha namorada estar aqui comigo, meus amigos, minha família, foi realmente incrível. Fiquei completamente em êxtase quando aterrissei daquele aéreo na minha primeira onda, pois a vitória começou ali. O Jordy Smith é um dos melhores competidores do mundo e eu precisava algo diferente para derrotá-lo. Agora estou na frente e vai ser muito divertido a decisão do título no Havaí. O jogo está aberto e vou tentar ser campeão, certamente”, concluiu.
Fonte: Tribuna do Norte