Fonte: G1

Depois de um jejum de seis anos, a Petrobras volta a lançar um edital de patrocínio para investir em eventos culturais no país. Serão investidos pela companhia R$ 10 milhões em projetos musicais, divididos em três categorias: Circulação de Shows, Festivais e Projetos Especiais Inovadores. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 4 de janeiro.

Desde 2012 a estatal não lançava editais para apoio financeiro em atividades culturais. A retomada do programa Petrobras Cultural aconteceu na terça-feira (4) com o lançamento do “Petrobras Música em Movimento 2018”, que tem ênfase em inovação e formatos contemporâneos de engajamento do público.

“A Petrobras retorna às chamadas públicas em um formato mais ágil e por segmentos, apoiando projetos relevantes, ajudando-os a alcançar seu potencial”, disse Diego Pila, gerente de Patrocínios e Eventos da companhia.

Serão priorizados projetos que apresentem novas formas de difusão e participação, assim como ideias e tecnologias inovadoras. Para o ano que vem, adiantou a Petrobras, serão lançadas chamadas públicas para os segmentos de artes cênicas e audiovisual.

Categorias

São três categorias nesta edição do Música em Movimento. A primeira, “Circulação de Shows”, tem duas faixas: a Novos Talentos, que contempla projetos até R$ 350 mil, com pelo menos quatro shows em três estados diferentes; e a faixa Grande Circuito, destinada a projetos entre R$ 350 mil e R$ 1 milhão, com o mínimo de sete shows em quatro estados.

A segunda categoria é “Festivais” e também tem duas faixas: uma que patrocinará projetos de até R$ 600 mil, e a outra para projetos entre R$ 600 mil e R$ 1,2 milhão – ambas as faixas para duas edições do festival escolhido.

A terceira categoria é “Projetos Inovadores”, com verba de até R$ 2 milhões, que é voltada a iniciativas que apresentem novos formatos e tecnologias, tais como plataformas digitais, experiências de realidade virtual ou aumentada, exposições interativas, cobertura virtual de turnês e canais de música.

Os projetos podem ser apresentados até 4 de janeiro de 2019, quando se encerram as inscrições, e devem ser executados a partir de julho. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo site www.petrobras.com.br/ppc .