Uma reunião da Secretaria da Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte (Seap) com a Defesa Civil e Idema, na manhã dessa terça-feira (22), definiu colocar voluntários do regime semiaberto do Sistema Prisional à disposição para ajudar no mutirão de limpeza do óleo que atinge praias potiguares.
Lista de projetos enviada ao Depen pela Sejuc para liberação de recursos prevê melhorias na Penitenciária Estadual de Alcaçuz
O trabalho será coordenado pela Defesa Civil com apoio da Seap. “Os internos voluntariados receberão treinamento prévio para manuseio do material e equipamento de proteção individual do mesmo jeito que o voluntariado civil”, explicou o secretário de Administração Penitenciária, Pedro Florêncio.
Segundo o secretário, o trabalho voluntariado dos internos atinge o fim social do apenado em se reinserir à sociedade e contará para a remição da pena como determina a Lei de Execuções Penais. Ele falou ainda que a secretaria só está aguardando o treinamento e a definição da área de atuação dos presos.
Participaram da reunião desta terça, no Gabinete de Gestão Integrada (GGI), representantes do Idema, Ibama, Capitania dos Portos, Polícia Militar, Ministério Público Federal, Ibama, UFRN, UERN, além de ONGs ligadas ao meio ambiente.
O óleo é uma substância tóxica, portanto a coleta deve seguir a orientação da Defesa Civil, sendo imprescindível o uso de equipamentos específicos de proteção que serão disponibilizados. Não deve, em hipótese alguma, ser manuseado sem a técnica adequada.
Fonte: Tribuna do Norte