Fonte: Prefeitura de Natal

Neste mês de março, Natal vem passando por um período de chuvas, o que acaba interferindo na vida da população. Nessa época, os locais com risco de alagamentos necessitam de maiores cuidados para que a saúde da população não seja comprometida. E pensando nisso o Programa de Vigilância em Saúde dos Riscos Associados aos Desastres (Vigidesastres) deu algumas dicas.

É importante evitar entrar em contato com a água e com a lama, indo para o local mais alto. Se for inevitável, deve-se vestir braços e pernas com luvas e botas plásticas, ou utilizar duas sacolas amarradas tanto nas mãos quanto nos pés. Algumas doenças que poderão ser causadas pela proximidade com a água são: hepatites, verminoses, diarreias, leptospirose e arboviroses.

Caso houver alagamento dentro de casa é importante limpar com água limpa depois de retirar a lama, e limpar o chão com água sanitária. “Se a comida entrou em contato com a lama infelizmente o recomendado é jogar fora e não utilizar os alimentos que tiveram em contato com a chuva” ressaltou Denise Oliveira, responsável técnica pelo Vigidesastres.

Outra questão importante é o cuidado com animais peçonhentos, pois ficam em buracos, e quando chove e alaga eles saem dos locais de origem. Não se deve tocar neles, mesmo que pareçam estar mortos. Também é importante não colocar as mãos em buracos ou frestas. Se encontrar algum desses animais, é recomendado chamar o Centro Controle de Zoonoses ou o Corpo de Bombeiros.

Procure a Unidade de Saúde mais próxima caso seja contaminado após ter contato com alagamentos ou picado por animais peçonhentos.