O governo propôs ao Congresso o fim dos municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação menor que 10% da receita total. Pela proposta, esses municípios terão que ser incorporados pelo município vizinho. No Rio Grande do Norte, conforme levantamento repassado à TRIBUNA DO NORTE pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 49 municípios poderão ser extintos. Esse número corresponde a 29,34% do total das cidades no Estado. Juntos, eles somam 173.309 habitantes, logo, 4,94% do total da população do Rio Grande do Norte.

Viçosa, a 358 quilômetros de Natal, é a cidade com o menor número de habitantes do RN

Viçosa, a 358 quilômetros de Natal, é a cidade com o menor número de habit

antes do RN

Segundo o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, 1.254 municípios em todo Brasil atendem às duas condições (poucos habitantes e baixa arrecadação). A incorporação valerá a partir de 2026, e caberá a uma lei complementar definir qual município vizinho absorverá a prefeitura deficitária.

Veja a lista dos municípios que podem deixar de existir:

Água Nova – 3.252 habitantes
Almino Afonso – 4.735 habitantes
Barcelona – 3.998 habitantes
Bodó – 2.223 habitantes
Caiçara do Norte – 3.684 habitantes
Coronel João Pessoa – 4.912 habitantes
Fernando Pedroza – 3.054 habitantes
Francisco Dantas – 2.824 habitantes
Frutuoso Gomes – 4.068 habitantes
Galinhos – 2.786 habitantes
Ipueira – 2.241 habitantes
Jardim de Angicos – 2.612 habitantes
João Dias – 2.654 habitantes
Jundiá – 3.898 habitantes
Lagoa de Velhos – 2.732 habitantes
Lajes Pintadas – 4.759 habitantes
Lucrécia – 3.996 habitantes
Major Sales – 4.020 habitantes
Messias Targino – 4.601
Monte das Gameleiras – 2.105 habitantes
Olho D’Água dos Borges – 4.258 habitantes
Ouro Branco – 4.812 habitantes
Paraná – 4.254 habitantes
Paraú – 3.768 habitantes
Passagem – 3.089 habitantes
Pedra Grande – 3.237 habitantes
Pedra Preta – 2.458 habitantes
Pilões – 3.838 habitantes
Rafael Godeiro – 3.201 habitantes
Riacho da Cruz – 3.579 habitantes
Riacho de Santana – 4.204 habitantes
Rodolfo Fernandes – 4.467 habitantes
Tibau – 4.106 habitantes
Ruy Barbosa – 3.600 habitantes
Santana do Seridó – 2.680 habitantes
São Bento do Norte – 2.747 habitantes
São Bento do Trairí –  4.449 habitantes
São Fernando – 3.584 habitantes
São Francisco do Oeste – 4.228 habitantes
São José do Seridó – 4.634 habitantes
Senador Georgino Avelino – 4.440 habitantes
Serrinha dos Pintos – 4.800 habitantes
Severiano Melo – 2.440 habitantes
Taboleiro Grande – 2.566 habitantes
Timbaúba dos Batistas – 2.414 habitantes
Triunfo Potiguar – 3.237 habitantes
Venha-Ver – 4.177 habitantes
Viçosa – 1.718 habitantes
Vila Flor – 3.170 habitantes

Fonte: Tribuna do Norte