O diretor Quentin Tarantino definitivamente está construindo o hype ao redor do seu próximo filme, Once Upon a Time in Hollywood.

Ontem à noite (23) o cara participou da CinemaCon em Las Vegas e falou bastante a respeito do longa, com uma série de elogios como os que ele fez à dupla formada pelos atores Brad Pitt Leonardo DiCaprio, dizendo que o par tem “a dinâmica mais empolgante desde Paul Newman e Robert Redford”.

Além disso, Tarantino disse que o filme será “o mais próximo de Pulp Fiction” que ele já fez, e DiCaprio, que estava junto na convenção, falou:

É difícil falar sobre um filme que ainda não gravamos, mas estou incrivelmente empolgado por trabalhar com Brad Pitt, e eu acho que Tarantino irá nos transportar. Sou um grande fã de Singin’ in the Rain – de filmes sobre Hollywood. Como um nativo de Los Angeles, tendo lido o script, é um dos roteiros mais incríveis que ele já escreveu, o que diz muita coisa, porque ele escreveu alguns dos trabalhos mais sensacionais da história do cinema. Nós iremos fazer o nosso melhor trabalho para transformá-lo em algo fantástico.”

Once Upon a Time in Hollywood

A gente já falou por aqui sobre como o novo filme de Quentin Tarantino irá falar sobre a Hollywood dos anos 60 e 70, e terá como pano de fundo o caso da Família Manson, cujos membros foram ordenados por Charles Manson para assassinarem a modelo Sharon Tate, grávida, e seus amigos.

Sem querer entregar muita coisa, o diretor deu um breve resumo do que se trata:

Eu posso dizer que Once Upon a Time in Hollywood se passa em 1969, no ápice da revolução hippie de contracultura e da nova Hollywood. Rua por rua, quadra por quadra, iremos transformar Los Angeles na Hollywood de 1969.”

Leonardo DiCaprio irá interpretar uma ex-celebridade da televisão chamada Rick Dalton que mora justamente ao lado da casa de Sharon Tate e Roman Polanski, enquanto Brad Pitt interpretará o seu dublê, Cliff Booth.

A brilhante atriz Margot Robbie está em negociações avançadas para interpretar Sharon Tate.

Via tenhomaisdiscosqueamigos